Os novos desertos urbanos

0
16

Foi o blogueiro Luis Roberto Marinho que apontou que as livrarias, na tentativa de atrair maior público e elevar as vendas,  incorporaram cafés, restaurantes, teatros, mas também vender itens de papelaria, eletrônicos, celulares, chocolates e brinquedos, entre outros. Pior, há livrarias investem em beleza

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui