Cinco anos do Massacre do Realengo

0
17

Surpreende a facilidade com que esquecemos as tragédias. Uma delas, provocada por Wellington Menezes de Oliveira, 24 anos, que no dia 7 de abril de 2011, uma quarta-feira, entrou armado na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, zona oeste do Rio de Janeiro e atirou contra uma dezena de crianças foi um ato revoltante pela violência contra inocentes. Completou cinco anos e ninguém se lembrou. Mas ele deve inspirar reflexões sobre questões urgentes no campo das políticas públicas.A chacina ocorreu por volta das 8h30min da manhã e seu ato violento matou cerca de doze estudantes com idade entre 13 e 16 anos, e deixando mais de treze feridos. Oliveira foi interceptado por policiais, cometendo suicídio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui