A esquerda ontem. E hoje?

0
19

Em 2002, o sociólogo Benedito Tadeu César publicou a obra  PT: A Contemporaneidade Possível – perfil social e projeto político (1980/1991) (ed. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 2002. v. 01. 395 p). Está mais do que na hora da esquerda retomar os resultados daquela pesquisa. Nela César descreve o perfil e o pensamento dos militantes e dos dirigentes petistas. Realizada em dois Congressos do Partido, entre 1991 e 1999, a pesquisa tem  o mérito de apontar a desradicalização do pensamento de esquerda, refletida na  queda do apoio do militante a idéia do PT como partido socialista. Também revela a fidelidade partidária de sua militância, que vem envelhecendo sem abandonar o partido: a faixa etária evoluiu para 36 e 40 anos. Chama a atenção um detalhe: subiu a faixa salarial dos militantes, que passou de dois a cinco salários mínimos para dez a vinte salários mínimos. Ali está a gênese do processo de transformação que levará a tomada de decisões e desvios dos quais o partido se arrependerá em 2016.  Era ali  que morava o perigo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui