O critério decisivo para votar

0
11
O Pao Municipal de Porto Alegre, tambŽm conhecido como Prefeitura Velha, Ž a sede da prefeitura da capital do estado brasileiro do Rio Grande do Sul, e Ž um dos seus mais caracter’sticos e importantes prŽdios hist—ricos. Foi constru’do para ser a sede da Intendncia de Porto Alegre, que atŽ ent‹o funcionava em diversos espaos alugados no centro. Eleito pelo Partido Republicano em 1897, JosŽ Montaury comprometeu-se com a constru‹o de uma sede definitiva para o Executivo local. No largo ˆ sua frente est‡ instalada a Fonte Talavera de La Reina, doada pela col™nia espanhola em homenagem ao centen‡rio da Revolu‹o Farroupilha. FOTO: Jefferson Bernardes/Preview.com

Neste ano teremos no Brasil eleições diretas para Prefeitos e Vereadores dos Municípios. Não me preocupa tanto o candidato a Prefeito ou vereador,  mas se o conjunto que eles representam tem capacidade de manter a máquina do município de pé, quer dizer, se reúnem em seus quadros dirigentes públicos em número suficiente e com capacidade para administrar o estado. No governo federal, em 2009, segundo dados de Maria Celina d”Araujo em seu “A elite dirigente do governo Lula”, ficamos sabendo que existem no governo federal cerca de 80 mil cargos de confiança, funções de confiança e gratificações no Poder Executivo Federal. Tanto o Presidente, quanto os ministros de Estado dispõem de um número surpreendente de nomeações a sua disposição, e por esta razão, que governos a direita e a esquerda usam a máquina de estado para fazer compensações politicas. Nada indica que a máquina municipal seja proporcionalmente menor. Segundo dados do jornalista Políbio Braga, em Porto Alegre são cerca de 1200 cargos. Não é pouca coisa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui